Tamanho do texto:A-A+

Publicidade

PUBLICIDADE Conheça o Instituto TRATA - Joelho e Quadril

Dor Lombar? Conheça as causas e como tratá-la

1 comentário
Imprimir Enviar por email para um amigo
Dor-lombar-causas-como-tratar

A Dor lombar é uma queixa muito comum, chamada também de lombalgia é uma dor que ocorre na parte inferior da coluna vertebral (coluna lombar). Nos consultórios a procura por ajuda médica é bem frequente para os casos de dor lombar. Cerca de três em cada quatro adultos vão ter dor nas costas durante sua vida e esses números podem subir, devido ao aumento do número da população mais idosa.

Uma grande parcela da população nos dias de hoje convive com dor lombar, resultado de má postura, sedentarismo, posições incorretas no ambiente de trabalho, nos afazeres domésticos entre outros fatores associados, incluindo a execução errada de exercícios.

Caracterizando a da Dor Lombar

A dor lombar pode ser aguda ou crônica. A dor aguda dura, normalmente, de quatro a seis semanas, enquanto a dor crônica pode durar toda uma vida, indicando um problema bem mais grave na coluna vertebral.

O paciente descreve que sua coluna está travada, ele tem limitação na flexão anterior da coluna, dor e limitações nos primeiros movimentos pela manhã.

Causas da Dor Lombar

Dentre as causas, as principais associadas são: Sedentarismo, envelhecimento, herança genética, hábitos posturais incorretos no trabalho, levantar pesos inclinando a coluna para frente, tabagismo, etc.

Diagnóstico e exames

O histórico do problema das dores na coluna do paciente poderá contribuir bastante para o seu diagnóstico, como também um exame físico detalhado da postura, amplitude de movimento, espasmo muscular, dor e força muscular.

Tratamento para dor lombar

A RMA (Reconstrução Músculo-Articular) da Coluna Vertebral é um programa fisioterapêutico que utiliza técnicas de Fisioterapia Manual, mesa de tração eletrônica, mesa de descompressão dinâmica, estabilização vertebral e exercícios de Pilates ou musculação. Ele visa melhorar o grau de mobilidade músculo-articular; diminuir a compressão no complexo disco vértebras e facetas, dando espaço para nervos e gânglios; fortalecer os músculos profundos e posturais da coluna vertebral através de exercícios terapêuticos específicos, enfatizando o controle intersegmentar da coluna lombar, cervical, quadril e ombro.

O método não-cirúrgico já beneficiou mais de 8.000 pacientes, sendo utilizado para o tratamento de hérnia de disco e outras lesões da coluna, como lombalgia, cervicalgia, dor ciática, protrusão discal, espondilose, artrose, etc.

  • Machado Margarida Ou Guida

    que tipo de fisioterapia?

Conteúdo de fisioterapia

Categorias

Conheça as áreas
da fisioterapia

Banner Livro

Conhecer o Livro

Receba nosso conteúdo
por e-mail