Tamanho do texto:A-A+

Fatores prognósticos de não-sucesso em pacientes com ciatalgia e hérnia de disco

2 comentários
Imprimir Enviar por email para um amigo
fisioterapia-artigos-cientificos

Anne J Haugen, Jens I Brox, Lars Grovle, Anne Keller, Bard Natvig, Dag M Soldal, Margreth Grotle. Prognostic factors for non-success in patients with sciatica and disc herniation. BMC Musculoskeletal Disorders 2012, 13:183.

* veja original em inglês após o resumo.

Esta foi uma pesquisa multicêntrica realizada na Noruega entre 2005 e 2006, coordenada pela médica reumatologista Anne Haugen para obtenção do título de PhD. O principal objetivo da pesquisa foi descobrir quais os fatores que estão relacionados ao não-sucesso do tratamento conservador (não-cirúrgico) após 1 e 2 anos de acompanhamento.

Os pacientes de 4 hospitais do sudeste da Noruega foram convidados a participar do estudo. Ao todo, foram 466 pacientes com ciatalgia e hérnia de disco lombar. Eles responderam os questionários sobre fatores prognósticos no dia da inclusão na pesquisa, e questionários sobre sucesso do tratamento no 3º, 6º, 12º e 24º mês. Desses pacientes, 120 se submeteram à cirurgia para hérnia discal durante o período da pesquisa, 81% destes nos 3 primeiros meses de acompanhamento. Além desses, 57 deixaram de responder os questionários no 12º mês, e 86 não responderam ao questionário no 24º mês.

Entre os pacientes tratados cirurgicamente, 35% não tiveram sucesso com o tratamento após 1 ano e 39% não tiveram sucesso após 2 anos. Entre os tratados sem cirurgia, 47% não tiveram sucesso após 1 ano, e 39% não tiveram sucesso após 2 anos.

No entanto, o principal achado da pesquisa não foi o índice de não-sucesso dos tratamentos (até porque não houve critério metodológico no tipo de procedimento cirúrgico nem no procedimento conservador), mas os fatores prognósticos para o não-sucesso.

Após 1 ano, os fatores prognósticos para não-sucesso do tratamento foram as queixas subjetivas de saúde no último mês (p. ex. dor muscular, dor de cabeça, dor/desconforto no estômago, ondas de calor, palpitações, problemas de sono, cansaço, tonturas, ansiedade e depressão), homens, fumantes, pacientes com altos escores de dor lombar, fraqueza muscular no exame clínico, e pacientes que não se submeteram a cirurgia. Após 2 anos, os seguintes fatores foram estatisticamente significativos: as queixas subjetivas de saúde no último mês, longa duração da lombalgia e ciatalgia, fraqueza muscular no exame clínico, fumantes e cinesiofobia (medo de movimentar-se).

A pesquisa conclui que fatores psicossociais são mais importantes para determinar o prognóstico a 1 e 2 anos nos casos de ciatalgia e hérnia discal do que as disfunções e sintomas da ciatalgia. Dentre esses fatores, destacam-se as queixas subjetivas de saúde no último mês, a cinesiofobia e a duração dos sintomas. Os autores da pesquisa referem que estas informações não são comumente coletadas na consulta inicial desses pacientes, mas deveriam, já que devemos nos preocupar com a melhora do paciente não apenas a curto prazo, mas também a longo prazo. “Fatores e tratamentos que melhorem o resultado a curto prazo são importantes para o paciente e para a sociedade, mas pode ser até mais importante identificar os fatores que predizem resultados a longo prazo em um estágio precoce, de modo a ajudar o paciente a resolver seus problemas.”

Responsável: Ft. Ms. Jailson Ferreira

 

ARTÍGO COMPLETO:

 

  • janaina cerqueira

    … no caso de hérnia de disco e ciatalgia, é melhor tomar remédios ou NÃO tomar remédios para fazer as sessões de fisioterapia? Gostaria de uma OPINIÃO. Minha filha foi atleta e parou por causa de uma dor na perna, que levou 4 meses para diagnóstico correto.
    Fez fisioterapia convencional durante 6 meses, 3 hs/dia, sem remédio algum. Não houve melhora substancial e de uns tempos pra cá a dor pioro. Os tratamentos particulares são muito caros por sessão. Tenho o plano Libertas. Alguma indicação de cirurgião aqui em BH? Estamos procurando orientações. A profissão de vc é maravilhosa! Abs. Janaína janalaranja@bol.com.br

    • David Tres

      procure um quiropraxista

  • Categorias

  • Tags

    Receba nosso conteúdo
    por e-mail